Segue o teu destino


Segue o teu destino,

rega as tuas plantas,

ama as tuas rosas.

O  resto é sombra

das árvores alheias.

A  realidade

sempre é mais ou menosouro-de-outono

do que nós queremos.

Só nós somos sempre

iguais a nós próprios.

Suave é viver

só.

Grande e nobre é sempre

viver simplesmente.

Deixa a dor nas aras

como ex-voto aos deuses.

Vê de longe

a  vida.

Nunca a interrogues.

Ela nada pode

dizer-te. A resposta

está além dos deuses.

Mas serenamente

imita o Olimpo

no teu coração.

Os deuses são deuses

porque não se pensam.

.

 Ricardo Reis

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: