Nunca mais


Caminharás nos caminhos naturais.

Nunca mais te poderás sentir invulnerável, real e densa.

Para sempre está perdido

 o que mais do que tudo procuraste,

a plenitude de cada presença.

E será sempre o mesmo sonho, a mesma ausência.

 

Sophia de Mello Breyner Andersen

 

2 Respostas

  1. Como está certa Sophia de Mello Breyner…

    Gostei bastante de ler este excerto!
    Costumo trabalhar bastante as obras de Sophia!

    abraço

    Mais um boa escolha!

  2. Obrigada pelas suas palavras.
    Sophia sabe ir ao fundo da alma…

Deixe uma Resposta para palavraspoeticas Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: