Flor


Conheço uma flor de pétalas brancas

quando a corto do caule, amarelas

se as ponho ao sol, vermelhas ao

metê-las no cálice que ela enfeita.

.

É uma flor que tem todas as cores

que eu quiser; mas só ela mas

dá, quando a roubo ao seu jardim,

e só para mim brilha e floresce.

.

Esta flor é única: não seca

nem morre, e alimenta-se do que

lhe digo, em segredo, neste canto.

.

Há flores que não precisam de terra

nem de sol para viver. A sua terra

é o poema, o seu sol o amor que as faz crescer.

Flor fantástica

Nuno  Júdice

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: