Archive for Abril, 2020

Corpo de Ambiguidade
Abril 23, 2020

posso e não posso ir-me noite fora
nestes pilares do medo desta dor
– é quando os dedos ferem (não se tocam)
é quando hesito e coro

é quando vou não vou neste mergulho
em seco a imergir em pobre chão
de caos e flor e vinho e confusão

é quando sem chorar me escondo e choro

João Rui de Sousa   em   ‘Corpo Terrestre’

Carta a meus filhos sobre os fuzilamentos de Goya
Abril 14, 2020

Hora H
Abril 6, 2020

A Primavera cheira a laranjas.

(Há umas granadas de mão, redondas e pequenas, a que chamam laranjas.)

O cheiro das laranjas deixa a noite luarenta de mistérios.

(Dizem que as noites de luar são as melhores para bombardeamentos aéreos.)

H

António Gedeão