Archive for the ‘poemas’ Category

Três palavras
Fevereiro 26, 2014

Quando pronuncio a palavra Futuro
a primeira sílaba já está no passado.
Quando pronuncio a palavra Silêncio,
logo o destruo.
Quando pronuncio a palavra Nada,
crio algo que não se encaixa em coisa nenhuma.
 .
velocidade_do_automovel_1910_giacomo-balla

 

Wislawa   Szymborska