Resgate
Novembro 6, 2013

DSC00612

Há qualquer coisa aqui de que não gostam

da terra das pessoas ou talvez

deles próprios

cortam isto e aquilo e sobretudo

cortam em nós

culpados sem sabermos de quê

transformados em números estatísticas

défices de vida e de sonho

dívida pública dívida

de alma

há qualquer coisa em nós de que não gostam

talvez o riso esse

desperdício.

.

Trazem palavras de outra língua

e quando falam a boca não tem lábios

trazem sermões e regras e dias sem futuro

nós pecadores do sul nos confessamos

amamos a terra o vinho o sol o mar

amamos o amor e não pedimos desculpa.

.

Por isso podem cortar

punir

tirar a música às vogais

recrutar quem vos sirva

não podem cortar o verão

nem o azul que mora

aqui

não podem cortar quem somos.

Manuel Alegre

Afirmação triste
Fevereiro 21, 2012

Já fiz as pazes contigo ;

e se algum ressentimento

entre nós, pode surgir,

a culpa –

não será do que fizermos

de hoje em diante

– apenas, possivelmente,

do que os nossos corações

teimarem

muito em silêncio sentir.

.

Contudo,

não podemos protestar:

o sofrimento passa, meu amor ;

mas a lembrança de ter sofrido

quem é que a pode arrancar?

António  Botto