Medo
Setembro 2, 2016

Tu tens um medo:
acabar.
Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo o dia.
No amor.
Na tristeza. Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.

E então serás eterno.

Dandelion --- Image by © Dave Michaels/zefa/Corbis

Dandelion — Image by © Dave Michaels/zefa/Corbis

Cecília Meireles

Leve e delicada
Dezembro 12, 2014

Leve e delicada

como a sombra da gipsofila na parede

assim é a tua ternura.

Tem a sombra das coisas impalpáveis

mas respira e aquece

como o sangue das rosas.

,,,

Sem ela

os caminhos da minha inquietação

iriam desaguar

no terrível vazio de calar-me

de perder-me nas florestas da noite.

   …

Sem ela

nenhuma das minhas lágrimas

valeria a pena

nenhuma das minhas dúvidas

valeria a dúvida

da interrogação que te ponho

e me faz sentir segura

nos braços da tua resposta.

A tua ternura é o meu berço

o meu barco o meu brinco

o meu brinquedo

o meu urso de pêlo

o meu lençol de linho

o meu segredo.

Com ela me enfeito e me consolo

e me envolvo

e me acalmo

e me adormento

e me esqueço da morte.

Rosa Lobato de Faria

O lado de fora
Setembro 25, 2014

Eu não procuro nada em ti,

nem a mim próprio, é algo em ti

que procura algo em ti

no labirinto dos meus pensamentos.

.

Eu estou entre ti e ti,

a minha vida, os meus sentidos

(principalmente os meus sentidos)

toldam de sombras o teu rosto.

.

O meu rosto não reflecte a tua imagem,

o meu silêncio não te deixa falar,

o meu corpo não deixa que se juntem

as partes dispersas de ti em mim.

.

Eu sou talvez

aquele que procuras,

e as minhas dúvidas a tua voz

chamando do fundo do meu coração.

rosto

Manuel  António  Pina

X
Março 21, 2013

Bravo pássaro que passaste e passarás

azul, a sul, sob o sólido sol da solidão.

Pássaro dos sentidos, do sentido da vida,

para todo o sempre não é para ti mais que a travessia da noite ao amanhecer.

Mas eu sigo-te, ó senhor de nada, tu que te alimentas de pedacinhos de céu,

irmão de tudo o que em mim também voa e também canta,

timidez emplumada onde brilham as cores dos frutos e do mundo.

.

Aparece, ó pássaro de mim, em mim, poisa

no que resta da minha alegria, nos ramos da minha carne,

e canta, canta de uma forma irreparável

o meu canto e o canto alheio,

o meu grito e a vontade que tenho de chorar.

Com uma força destruidora da virtude,

ultrapassa a luz, ultrapassa o pensamento,

inscreve as minhas interrogações, as minhas dúvidas

na fadiga das horas, escreve com o teu bico celeste

o meu epitáfio, um poema

de amor para a mulher que me prendeu e me fez livre,

a que vive em mim, a que acredita em mim,

a que como tu desafia as manhãs e surpreende a noite,

a minha amada, pássaro, a mulher que eu amo

como os poetas amam a liberdade de alguns pássaros

e de todos os pobres.

.

Joaquim  Pessoa

45 lições que a Vida me ensinou
Dezembro 1, 2011

thais rozza

Para celebrar o envelhecer, Regina Brett, que completou 90 anos e mora em Cleveland, Ohio, uma vez escreveu 45 lições que a vida ensinou para ela. É a coluna mais requisitada que ela já escreveu.

 A vida não é justa, mas ainda é boa.

 Quando estiver em dúvida, apenas dê o próximo pequeno passo.

 A vida é muito curta para perdermos tempo odiando alguém.

 Seu trabalho não vai cuidar de você quando você adoecer.

Seus amigos e seus pais vão.

Mantenha contato.

 Pague suas faturas de cartão de crédito todo mês.

 Você não tem que vencer todo argumento.

Concorde para discordar.

 Chore com alguém.

É mais curador do que chorar sozinho.

 Está tudo bem em ficar bravo com Deus.

Ele agüenta.

 Poupe para aposentadoria começando com seu primeiro salário.

 Quando se trata de chocolate, resistência é em vão.

 Sele a paz com seu passado para que ele não estrague seu presente.

 Está tudo bem se teus filhos te virem chorar.

 Não compare sua vida com a dos outros.

Você não tem idéia do que se trata a jornada deles.

 Se um relacionamento tem que ser um segredo, você não deveria estar nele.

 Tudo pode mudar num piscar de olhos; mas não se preocupe Deus nunca pisca.

 Respire bem fundo.

Isso acalma a mente.

 Se desfaça de tudo que não é útil, bonito e prazeroso.

 O que não te mata, realmente te torna mais forte.

 Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz.

Mas a segunda só depende de você e mais ninguém.

 Quando se trata de ir atrás do que você ama na vida, não aceite não como resposta.

 Acenda velas, coloque os lençóis bonitos, use a lingerie elegante.

Não guarde para uma ocasião especial.

Hoje é especial.

 Se prepare bastante, depois se deixe levar pela maré…

 Seja excêntrico agora, não espere ficar velho para usar roxo.

 O órgão sexual mais importante é o cérebro.

 Ninguém é responsável pela sua felicidade além de você.

,,,

 Encare cada “chamado” desastre com essas palavras:

Em cinco anos, vai importar?

 Sempre escolha a vida.

 Perdoe tudo de todos.

 O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.

 O tempo cura quase tudo.

Dê tempo.

 Independentemente se a situação é boa ou ruim, irá mudar.

 Não se leve tão a sério.

Ninguém mais leva…

 Acredite em milagres.

 Deus te ama por causa de quem Deus é.

E não pelo o que você fez ou deixou de fazer.

 Não faça auditoria de sua vida.

Apareça e faça o melhor dela agora.

 Envelhecer é melhor do que a alternativa – morrer jovem.

 Seus filhos só têm uma infância.

 Tudo o que realmente importa no final é quem você amou.

 Vá para a rua todo dia.

Milagres estão esperando em todos os lugares.

 Se todos jogassem nossos problemas em uma pilha e víssemos os de todo mundo, pegaríamos os nossos de volta.

 Inveja é perda de tempo.

Você já tem tudo o que precisa.

 O melhor está por vir.

 Não importa como você se sinta, levante, se vista e apareça.

 Produza.

 A vida não vem embrulhada em um laço, mas ainda é um presente.

Caminhando
Março 30, 2009

observado

Caminho… E  vendo o tempo que ficou

atrás de mim, tão cheio de incerteza,

em meu espírito encontro mais firmeza

– menos pena da vida que passou !

…….

Caminho… E  o cepticismo que brotou

da minha alma, vencida de tristeza,

não deixará mudar em fé acesa

a  dúvida que a vida originou.

…….

Caminho… E  tento ver se no porvir

para o passado encontro o esquecimento

pois neste meu desejo hei-de sentir

…….

renascer dentro de mim um novo alento!

Caminho… E  os meus lábios, a sorrir,

enganam o meu próprio pensamento.

 

Gabriela Castelo-Branco