Incógnita
Julho 18, 2008

O que queremos não sei, nem talvez tu

mesmo consigas discerni-lo bem…

… o encontro adiado… entre quem ?

Não sei o que pensar, nem talvez tu …

.

Não posso mais falar como se um

nós fôssemos, pois não o somos já …

… memória esparsas, cá e lá …

… pedaços de um sonho, ou de nenhum…

.

Não sei quem és, quem sou, que procuramos,

que caminho insólito pisamos,

que objectivo queremos atingir …

.

A vida é uma incógnita assumida,

sem direcção, sem leme, sem medida,

deixada ao sabor do existir …

nevoeiro

 Diana Sá

Porquê?
Abril 22, 2008

Tu tens medo das palavras.

Preferes o silêncio,

intenso, carregado,

ou apenas ausência…

Que caminhos

se abrem nesta escolha ?

Como posso tentar

compreender a encruzilhada

de pulsões e de razões

onde te moves ?

.

Isso é o que mais custa…

Não entender

e não poder fechar este ciclo…

borboleta-amor

Diana  Sá