Sexta canção da vida
Março 4, 2016

Vou:
disperso nas horas,
incerto nos passos.
.
Rezo:
Vida, havias de trazer horas brutais,
horas abertas,
rasgadas por minhas mãos ansiosas
de lúcidos temporais!
.
Penso:
se as não rasgar por minhas mãos,
a Vida não as dará jamais.

mãos

Manuel da Fonseca

Sempre que te vais
Junho 11, 2015

Sempre que te vais,

fico sempre mais pobre,

quando ficas é sempre tão cedo.

Dos cigarros mal apagados que ficaram, do suor,

dos lençóis despenteados, das cruzes.

aflitos subimos o muro das ilusões.

Que cobardes que éramos não fosse o amor!

Damo-nos, despimos as máscaras, deixamo-nos à mercê dos deuses.

Brincamos, choramos e ainda temos tempo de ver nascer o dia.

Tu partes, levas-me e eu fico mudo por dentro.

É preciso muita coragem para amar, ver partir,

e voltar a vestir o fato já gasto da civilização!

solslslslsl

Daniel  Dias

Wüsste ich nicht
Outubro 28, 2012

Einfach abhauen sollte man

einfach weggehen

in eine andere Stadt

zu anderen Menschen

zu einem neuen Leben.

Wüsste ich nicht

dass ich mich mitnehmen muss

dass ich mich nicht zurücklassen kann

wie einen alten Stuhl

ich würde es versuchen

ein neues Leben

in einer anderen Stadt.

Anne  Steinwart

.

Devia ser possível ir

simplesmente embora

para outra cidade

para outras pessoas

para uma vida nova.

Se eu não soubesse

que tenho de me levar

que não posso deixar-me ficar

como uma cadeira velha,

eu tentaria começar

uma vida nova

numa outra cidade.