Cantiga para não morrer
Dezembro 21, 2016

Quando você for se embora,
moça branca como a neve,
me leve.

Se acaso você não possa
me carregar pela mão,
menina branca de neve,
me leve no coração.

Se no coração não possa
por acaso me levar,
moça de sonho e de neve,
me leve no seu lembrar.

E se aí também não possa
por tanta coisa que leve
já viva em seu pensamento,
menina branca de neve,
me leve no esquecimento.

fugaz

Ferreira Gullar   in   “Dentro da Noite Veloz

A caminho do Corvo
Fevereiro 26, 2012

A minha vida está velha.

Mas eu… sou novo até aos dentes.

Bendito seja o deus do encontro,

o mar que nos criou na sede da verdade,

a moça que o canal tocou com seus fantasmas

e se deu de repente a mim como uma mãe.

.

Pois fica-se sabendo:

que da espuma do mar sai gente e amor também.

Bendita a milha, o espaço ardente

e a mão cerrada contra a vida esmagada.

Abençoemos o impossível !

E que o silêncio bem ouvido

seja para mim no amor de alguém.

.

Vitorino  Nemésio