Portas
Março 12, 2010

Portas no desamparo…

A vida abre-se,

horizontes espraiam-se,

é preciso procurar novos rumos.

O passado persiste,

com as suas luzes e sombras.

O futuro é uma incógnita,

depois dos castigos do tempo.

É difícil continuar…

O presente obriga a mudanças.

É preciso recomeçar.

Diana Sá