Se assim é, é porque é assim
Dezembro 13, 2010

Se eu pudesse trincar a terra toda
e sentir-lhe um paladar,
e se a terra fosse uma coisa para trincar,
seria mais feliz um momento…

Mas eu nem sempre quero ser feliz.
É preciso ser de vez em quando infeliz
para se poder ser natural…
Nem tudo é dias de sol,
E a chuva, quando falta muito, pede-se.
Por isso tomo a infelicidade com a felicidade,
naturalmente, como quem não estranha
que haja montanhas e planícies
e que haja rochedos e erva…
O que é preciso é ser-se natural e calmo
na felicidade ou na infelicidade,
sentir como quem olha,
pensar como quem anda,
e quando se vai morrer, lembrar-se de que o dia morre,
e que o poente é belo e é bela a noite que fica…
E que se assim é, é porque é assim.

Alberto Caeiro

VIII
Março 25, 2009

Cala os olhos, vagabundo.

Não me digas

que há estradas no mundo

sem urtigas.

………

Não me contes

que nascem astros nos vales

para além dos horizontes.

………

Não me fales

de haver poentes

com as cores ardentes

das penas de um galo.

………

Não me tentes,

vagabundo.

solidao1

Não quero ver o mundo.

Prefiro imaginá-lo.

 

José Gomes Ferreira