Antítese
Dezembro 17, 2018

Navego num largo mar de enganos,

guiado pela estrela cega do horizonte.

O meu destino está inscrito nestes anos

em que o tempo nasce de uma futura fonte.

.

Assim, o que foi ontem está para ser,

passado que vive num presente sem nós,

como o rio que, para correr, nasce na foz;

e tudo o que vi ainda está para se ver,

.

tal como o silêncio que fala nesta voz.

O caminho faz-se quando se está parado,

barco que anda sem haver vento;

.

e só quem está certo pode ser enganado

quando, ao pensar, perde o pensamento,

e em tudo o que sonha só vê o passado.

barco1-1

Nuno  Júdice

Anúncios

Amigo
Abril 16, 2015

Procura-se um amigo que me acompanhe até ao fim,
que una nossos caminhos, quando opostos.
Não precisa gostar dos mesmos gostos,
mas que goste de mim.

Preciso de um amigo para partilhar meus momentos,
que se envolva em meus pensamentos
e se comova, quando chamado de amigo.

Que me diga, eu sei que estás errado.
De qualquer forma, estou ao teu lado.
Vou contigo.

Preciso de um amigo que me desprenda da corrente,
que reviva comigo o passado,
sem nunca esquecer o presente.

Um amigo, que faça do longe, perto.
Capaz de atravessar o deserto
só para me ver contente.

Que quando morto, me faça renascer.
Que me ajude a ganhar, em vez de perder.
Que olhe pr’além do seu umbigo.

Que me abrace apertado, sem qualquer medo.
Que se sente do meu lado, que guarde um segredo.
Que goste de mim, que me chame de Amigo.

1217983958_casal_lua1

José Carlos SC

Quem tem dois corações
Agosto 31, 2014

Quem tem dois corações
me faça presente de um
que eu já fui dono de dois
e já não tenho nenhum

Dá-me beijos, dá-me tantos
que enleado em teus encantos
preso nos abraços teus
eu não sinta a própria vida
nem minh’alma ave perdida
no azul amor dos teus céus


Botão de rosa menina
carinhosa, pequenina,
corpinho de tentação,
vem morar na minha vida
dá em ti terna guarida
ao meu pobre coração.


Quando passo um dia inteiro
sem ver o meu amorzinho
cobre-me um frio de janeiro
no junho do meu carinho.

love 11
Fernando Pessoa

Plateia
Outubro 22, 2013

Não sei quantos seremos, mas que importa?!
Um só que fosse, e já valia a pena.
Aqui, no mundo, alguém que se condena
a não ser conivente
na farsa do presente
posta em cena!

Não podemos mudar a hora da chegada,
nem talvez a mais certa,
a da partida.
Mas podemos fazer a descoberta
do que presta
e não presta
nesta vida.

E o que não presta é isto, esta mentira
quotidiana.
Esta comédia desumana
e triste,
que cobre de soturna maldição
a própria indignação
que lhe resiste.

Morte
MIGUEL TORGA   em  CÂMARA ARDENTE

Percepção subjectiva
Maio 22, 2012

Não sei que nome chamar-te.
Nem onde estão os passos
… que quero sombra dos meus.

Talvez eu seja um livro cansado
de tanto me leres,
ou tão-pouco saibas
onde ficou o marcador de página
O eterno é tão efémero
que nem damos pelo presente…
há aromas que não ficam na pele.

Sonho que queres vir sem convite
onde sou frente e verso,
onde desenho na página par
um balão a insuflar
ao sabor da aragem
ou a primeira pétala
que cai na mudança de estação.

Não sei que nome chamar-te
quando te vejo entre os nenúfares
numa paisagem serena,
prostrada abraçando a árvore
que lança os ramos sobre as águas,
onde as nossas roupas
se transformam em leito de amor
e dançamos ao brilho das estrelas apaixonadas.

Não sei que nome chamar-te
quando levas o cálice aos lábios de cor carmim
e olhas o livro despojado de letras.

Francisco Valverde Arsénio

45 lições que a Vida me ensinou
Dezembro 1, 2011

thais rozza

Para celebrar o envelhecer, Regina Brett, que completou 90 anos e mora em Cleveland, Ohio, uma vez escreveu 45 lições que a vida ensinou para ela. É a coluna mais requisitada que ela já escreveu.

 A vida não é justa, mas ainda é boa.

 Quando estiver em dúvida, apenas dê o próximo pequeno passo.

 A vida é muito curta para perdermos tempo odiando alguém.

 Seu trabalho não vai cuidar de você quando você adoecer.

Seus amigos e seus pais vão.

Mantenha contato.

 Pague suas faturas de cartão de crédito todo mês.

 Você não tem que vencer todo argumento.

Concorde para discordar.

 Chore com alguém.

É mais curador do que chorar sozinho.

 Está tudo bem em ficar bravo com Deus.

Ele agüenta.

 Poupe para aposentadoria começando com seu primeiro salário.

 Quando se trata de chocolate, resistência é em vão.

 Sele a paz com seu passado para que ele não estrague seu presente.

 Está tudo bem se teus filhos te virem chorar.

 Não compare sua vida com a dos outros.

Você não tem idéia do que se trata a jornada deles.

 Se um relacionamento tem que ser um segredo, você não deveria estar nele.

 Tudo pode mudar num piscar de olhos; mas não se preocupe Deus nunca pisca.

 Respire bem fundo.

Isso acalma a mente.

 Se desfaça de tudo que não é útil, bonito e prazeroso.

 O que não te mata, realmente te torna mais forte.

 Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz.

Mas a segunda só depende de você e mais ninguém.

 Quando se trata de ir atrás do que você ama na vida, não aceite não como resposta.

 Acenda velas, coloque os lençóis bonitos, use a lingerie elegante.

Não guarde para uma ocasião especial.

Hoje é especial.

 Se prepare bastante, depois se deixe levar pela maré…

 Seja excêntrico agora, não espere ficar velho para usar roxo.

 O órgão sexual mais importante é o cérebro.

 Ninguém é responsável pela sua felicidade além de você.

,,,

 Encare cada “chamado” desastre com essas palavras:

Em cinco anos, vai importar?

 Sempre escolha a vida.

 Perdoe tudo de todos.

 O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.

 O tempo cura quase tudo.

Dê tempo.

 Independentemente se a situação é boa ou ruim, irá mudar.

 Não se leve tão a sério.

Ninguém mais leva…

 Acredite em milagres.

 Deus te ama por causa de quem Deus é.

E não pelo o que você fez ou deixou de fazer.

 Não faça auditoria de sua vida.

Apareça e faça o melhor dela agora.

 Envelhecer é melhor do que a alternativa – morrer jovem.

 Seus filhos só têm uma infância.

 Tudo o que realmente importa no final é quem você amou.

 Vá para a rua todo dia.

Milagres estão esperando em todos os lugares.

 Se todos jogassem nossos problemas em uma pilha e víssemos os de todo mundo, pegaríamos os nossos de volta.

 Inveja é perda de tempo.

Você já tem tudo o que precisa.

 O melhor está por vir.

 Não importa como você se sinta, levante, se vista e apareça.

 Produza.

 A vida não vem embrulhada em um laço, mas ainda é um presente.

Quando eu me amei de verdade
Setembro 29, 2011


Quando eu me amei de verdade,

compreendi que em qualquer circunstância,

eu estava no lugar no lugar certo e na hora certa

e então pude ficar tranquilo.

Hoje sei que a isso se chama Auto-estima.

Quando eu me amei de verdade,

pude perceber que a minha angústia e sofrimento

não passam de um sinal de que estou a contrariar a minha verdade.

Hoje sei que a isso se chama Autenticidade.

Quando eu me amei de verdade,

parei de desejar que a vida fosse diferente,

e comecei a ver que tudo contribui para o crescimento.

Hoje sei que a isso se chama Amadurecimento.

Quando eu me amei de verdade,

percebi que é ofensivo forçar algo ou alguém a uma situação.

Hoje sei que a isso se chama Respeito.

Quando eu me amei de verdade,

comecei a livrar-me de tudo o que me diminuísse.

De início pensei que fosse egoísmo.

Hoje sei que a isso se chama Amor-próprio.

Quando eu me amei de verdade,

deixei de fazer grandes planos.

Hoje faço o que gosto, quando quero e no meu ritmo.

Hoje sei que a isso se chama Simplicidade.

Quando eu me amei de verdade,

desisti de querer ter sempre razão,

e com isso errei menos vezes.

Hoje sei que a isso se chama Humildade.

Quando eu me amei de verdade,

desisti de ficar só no passado e de me preocupar tanto com o futuro.

Agora mantenho-me mais no presente.

Hoje sei que a isso se chama Plenitude.

Charlie Chaplin

Que direi eu…
Outubro 28, 2010

Que direi eu de ti, de mim, de nós,

o imenso inacabado que nos perde…?

Que te espero nos dias que se afundam

em noites inquietas, solitárias…

 

Eu sei que o infinito imaginado

nada é mais do que isso, horas mortas,

suspensas no mistério dos minutos,

perdidas no horizonte insondável…

 

Sou um imenso campo aberto ao sol,

à neve, às intempéries do presente.

Tu ficas no recôndito sombrio,

escondes-te na letra de um poema…

Diana Sá

Portas
Março 12, 2010

Portas no desamparo…

A vida abre-se,

horizontes espraiam-se,

é preciso procurar novos rumos.

O passado persiste,

com as suas luzes e sombras.

O futuro é uma incógnita,

depois dos castigos do tempo.

É difícil continuar…

O presente obriga a mudanças.

É preciso recomeçar.

Diana Sá

Tempo
Abril 16, 2009

Estou aqui, perto do mar,

e  sinto as minhas esperanças passadas,

o desencanto do presente

e  a  incógnita do futuro

embaladas pelas ondas…

O  Tempo escorre-me pelos dedos como areia…

Às vezes, traz sol consigo. Brilhante, quente.

Outras vezes, desfaz-se em lágrimas de chuva.

Ou de neve.

E  eu tento resistir ao calor do deserto.

Ou aos temporais…

 

Diana Sá

pacific_ocean_by_barufubeefcake1