Espera
Fevereiro 28, 2013

Quando  estiveste  aqui, amor, os  dias

foram  céu, foram  sonho, foram  vida.

Vestiste-os  de  luz.  Só  tu  podias

e  levaste-me  à  terra  prometida.

beijos

Nos  teus  braços,  todas  as  fantasias

acontecem,  eu  sinto-me  querida.

Solto  o  meu  coração. Não  conhecias

a  fome  de  amor  que  trago  escondida.

.

Partiste.  Agora  um  mundo  nos  separa.

É  difícil  viver  longe  de  ti,

sem  ouvir  a  tua  voz, sem  te  beijar.

.

Invento  para  nós  a  manhã  clara

do  reencontro.  Sei  o  que  perdi

quando  te  foste, amor, e  sei  esperar.

        .

Diana Lima

Anúncios

1990
Setembro 15, 2011

Se soubesse o que procuro
saberia que água pedir neste momento
e a que árvore pertence
este rumor de folhas sob o vento.

De quanto quis saberia a entoação
a que o coração responde nos ardis
que a obscuridade entrega
quando o contágio da memória
me absolve do que nunca deveria
arrepender-me.

Quanto busco não só é indizível
como não tem refúgio certo
entre os ramos hostis do reencontro,

esse incêndio do acaso no ocaso.

Amadeu  Baptista