O buraco da agulha
Abril 7, 2016

Vou de camelo pelo buraco de uma agulha
vou de camelo e não encontro o reino.
.
A porta é estreita mas os ricos
estão a comprar passagem e estão a entrar.
.
Vou de camelo pela oferta e a procura
e há quem pense que o céu também tem preço.
.
Tens de vir outra vez para dizer
que não pode servir-se a dois senhores.
.
Vou de camelo pela porta estreita
vou de camelo e não consigo entrar.
.
Tens de vir outra vez que os fariseus
não nos deixam passar não nos deixam passar.

Manuel Alegre

Manuel Alegre

Paz sem vencedores e sem vencidos
Julho 5, 2015

Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos
a paz sem vencedor e sem vencidos
que o tempo que nos deste seja um novo
recomeço de esperança e de justiça.
Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos
a paz sem vencedor e sem vencidos

Erguei o nosso ser à transparência
para podermos ler melhor a vida
para entendermos vosso mandamento
para que venha a nós o vosso reino

Dai-nos

a paz sem vencedor e sem vencidos
Fazei Senhor que a paz seja de todos
dai-nos a paz que nasce da verdade
dai-nos a paz que nasce da justiça
dai-nos a paz chamada liberdade

Dai-nos Senhor paz que vos pedimos

sophia 2

Sophia de Mello Breyner Andresen